Macieira Motociclismo Opera - The fastest browser on earth
OPINIÃO

Rails (não) me partam
Discriminação
Pré-pagamento (o fim?)
Novas reformas judiciais
Lei dos Rails publicada

MOTOS - artigos

Condução e Segurança
Há dias assim
Binário
Splash....nhanha

NET - Segurança

Kaspersky Anti Virus
Zone Alarm (Firewall)
Steganos (encript)
Gibson Research Corp.
Ad-Aware
Spybot S&D

LEGISLAÇÃO

Diário da República
Ciberlegis
ASJP
Verbo Jurídico
Europa
Assembleia da República
Conselho de Ministros

JURISPRUDÊNCIA

Trib. Jud. Com. Europeia
Trib. Constitucional
Supremo Trib. Justiça
Supremo Trib. Admin.
Trib. Relação Lisboa
Trib. Relação Porto
Trib. Relação Évora
Trib. Relação Coimbra
Trib. Relação Guimarães
Trib. Central Admin. Norte
Trib. Central Admin. Sul
Busca em todas as bases

ENDEREÇOS DA JUSTIÇA

Portal do Cidadão
Tribunais
Pautas de Distribuição
Notários
Registo Predial
Registo Comercial
Registo Civil
Registo Automóvel
R.N.P.C.

PUBLICAÇÕES

B.M.J.
Boletim do Contribuinte
Boletim do Trabalho e do Emprego
Boletim dos Registos e Notariado
Direito on-line
Sub-Judice
Revista Consumidores


BD - Tom Vitoin





REV

Opera 9 - Your Web, Your Choice

Centenário Hergé

Discriminação II

GALPFNM

Fim do Pré-pagamento ?


A notícia saiu no "Correio da Manhã" de 1/Out/2001 (acessível on line em http://www.correiomanha.pt/showNews.php?id=20323) «A administração da Galp firmou ontem, em Cascais, um protocolo com a Federação Nacional de Motociclismo segundo o qual os seus clientes motociclistas só pagam o combustível depois de se abastecerem, acabando assim o pré-pagamento a que estavam sujeitos. A empresa encara a medida como "um voto de confiança mútuo". Isso não obsta, contudo, que, para evitar fugas ao pagamento, esses clientes tenham previamente de cumprir algumas regras, como sejam:
  • desligar a moto e colocá-la na posição de apoio central
  • retirar o capacete e as luvas e, por fim,
  • descer da moto, tal como o eventual acompanhante.

Depois de efectuado o abastecimento do veículo, os motociclistas devem deslocar-se a pé à caixa para pagar, deixando as motos junto à bomba. A Galp reserva-se, no entanto, o direito de exigir o pré-pagamento aos motociclistas cujo veículo não se encontre devidamente identificado, nomeadamente ao nível da chapa de matrícula, que deve ter as dimensões legais.» (marcas e sublinhado nosso).

O protocolo entrou em vigor na data da sua assinatura e é válido por tempo indeterminado mas reserva para a GALP o direito de o rescindir caso se verifique resultar em avultadas fugas dos motociclistas sem efectuarem o respectivo pagamento.

Embora exista quem considere que este protocolo, na prática, nada vem trazer de novo ao dia a dia dos postos de abastecimento (que até agora impunham ou não o pré-pagamento descricionariamente), esta notícia não pode senão encher de júbilo todos os motociclistas portugueses, mormente os que se vinham preocupando com esta questão, estando de parabéns a FNM pelo bom trabalho efectuado numa área que sabemos não ser fácil. O passar ao papel as intenções de ambas partes constitui um marco importante no desenvolvimento das relações comerciais da Galpgeste com os motociclistas e poderá mesmo influir na mudança de atitudes também por parte destes (ou estou a ser ingénuo demais?).

Evidentemente que permanecem questões por responder tais como a aplicabilidade do protocolo a postos de abastecimento não geridos directamente por esta entidade (o protocolo obriga a Galpgeste, não a GALP nem outros concessionários) embora saibamos que detem a maioria e certamente as áreas mais importantes, ou a legalidade do retorno à prática do pré-pagamento, permanecendo válido tudo quanto expendemos no artigo dedicado a este tema Discriminação I.

Poderá ser este o princípio do fim da prática abjecta do pré-pagamento, pela pressão de mercado que agora é introduzida. Para a GALP é também uma boa forma de recuperar terreno e investir na fidelização de um tipo de consumidores em franca expansão depois de ficar em desvantagem após as parcerias estabelecidas tanto pelo ACP (com a REPSOL) como pela FNM (com a CEPSA).

html Pode consultar o texto do Protocolo em formato html

html Pode consultar o texto do Protocolo em formato pdf



Jorge Macieira
Advogado e Motociclista
jorge.macieira@macieira-law.com
www.macieira-law.com

























   BOLETIM DA O.A. 46

A Reforma da Lei de Arbitragem Voluntária
A Dança das Mesas
Como impede o marido que a mulher aborte ?
Qual monstro ?
Imigração ilegal
Legislar ou talvez não
Liberdade Segurança e Justiça
Um Juíz escorreito


Motores de Busca


Pesquisar Advogado

    BD

Tintin.com
FIBDA 2007 photos
Asterix
Spirou et Fantasio
Blake et Mortimer
mais links ...

    TABACO

Cachimbo Clube de Portugal
Barcelona Pipa Club
Dan Pipe
Peterson of Dublin
Butz Choquin
Links comerciais

    MOTOS - Segurança

Condução e Segurança
Moto Segurança
Sport Rider Riding Skills
Moto Clube Virtual
Master Strategy Group
Riding Skills
Motorcyclists & Crash Barriers Project
M. Safety Foundation
mc-research files
N.A. Motorcycle Safety
NZ Motorcycle Safety Consultants
• Cursos: PRP-CRM-FNM
A criança e o trânsito

    Arte e Cultura

macieira.art - galeria
Jim Hollander
Exposições taurinas
Filipe Bianchi

    LIVROS

Street Strategies
Proficient Motorcycling
More Proficient ...
The MSF Guide to Motorcycling Excellence
Motorcycle Roadcraft (Police Riders Handbook)
Técnicas de Conducción
Viajar de Moto
Fado e Tauromaquia no Séc. XIX
Sherlock Holmes (The Complete ...)

    TOROS

Reflexões éticas
Portal Taurino
Mundo Toro
6 Toros 6
La Tauromaquia
Toiros & Cavalos
Tauromaquia port.
Los Toros

    MONTY PYTHON

Pythonline
no You Tube
Flying Circus
Daily Llama
John Cleese Website
Spamalot

TEMPO

Lisboa
Porto
Faro
powered by

weather.com
    Edições anteriores

Julho 2006
Março 2006
Janeiro 2006
Agosto 2005
Maio 2005
Janeiro 2005
Novembro 2005
Agosto 2005
Março 2004
Janeiro 2004
Dezembro 2003
Outubro 2003

Monitorizar página
para alterações

it's private
powered by
ChangeDetection

Verbo Jurídico

Juris Pro


site powered by
macieira.web

Moto Clube Virtual



www.macieira-law.com/boletim